O que são: As adrenais (antigamente chamada de supra-renais) são glândulas localizadas logo acima de ambos os rins. São responsáveis pela produção de diversos hormônios que ajudam a manter o organismo em equilíbrio. Dentre os mais conhecidos estão: Adrenalina, Cortisol, Aldosterona e a Androstenediona, que é convertida em Testosterona nos testículos. Muitas doenças, tanto benignas como malignas, podem acometer a adrenal. Algumas podem produzir hormônios em excesso, causando um desbalanço nas atividades do organismo, outras não afetam o funcionamento da glândula e não surtem nenhum efeito clínico.

Agendar consulta

Fatores de risco: Certas doenças, como a Hiperplasia Adrenal Congênita, são causadas por uma má-formação durante o desenvolvimento do feto e os sinais e sintomas já são presentes desde o nascimento da criança. Outras doenças como o Hiperaldosteronismo Primário e o Feocromocitoma surgem sem fator desencadeante no decorrer da vida e atinge principalmente os adultos. Algumas como a Síndrome de Cushing podem ser causadas por alguns medicamentos. Tumores malignos da adrenal e metástases de tumores de outros órgãos também acometem as adrenais com frequência.

Diagnóstico: Os exames hormonais e de bioquímica colhidos no sangue, urina e saliva são muito importantes para o correto diagnóstico. Além disso, a Tomografia Computadorizada ou a Ressonância Magnética de abdome também fornecem informações valiosas para o manejo das doenças das adrenais. Em casos específicos, outros exames podem ser necessários.

Tratamentos: Os nódulos benignos e não produtores de hormônios, também chamados de “incidentalomas”, geralmente não necessitam de tratamento e o seguimento com exames periódicos é indicado.

Algumas doenças são tratadas com medicações para regularizar o funcionamento da glândula

Em casos de nódulos que secretam hormônios de forma irregular ou na suspeita de tumores malignos, a cirurgia para retirada da glândula (Adrenalectomia) é tratamento de escolha.

Atualmente as cirurgias minimamente invasivas (Robótica e Laparoscópica) são indicadas na maioria dos casos, pois apresentam a mesma eficácia e segurança da cirurgia aberta, adicionando as vantagens de menor dor, menor sangramento, retorno mais rápido às atividades cotidianas e melhor estética.

(11) 3129-7100 WHATSAPP